Pular para o conteúdo principal

Postagens

O que mudou no mercado automobilístico?

Desde que eu abri este blog o mercado automotivo mudou muito. Me lembro de ter dito em algum post perdido por aí, que no futuro (presente) o Gol não seria o carro mais vendido, o Uno (Mille) não existiria e o brasileiro não ia se contentar com carros pelados.

Bem, isso foi dito em meados de 2010 e em pleno 2018 o que vemos por aí é exatamente isso o que aconteceu. Muita coisa no mundo mudou e não poderia ser diferente no mundo automotor, nem no Brasil. Graças a Deus o ser humano evolui e o brasileiro, com sua democracia tão jovem, também evolui.

Ainda temos que melhorar muito, mas se olharmos para trás vamos notar que nunca estivemos tão bem.

Apensar dos carros estarem cada vez mais caros, menos potentes e menores, vimos uma crescente melhoria no acabamento, segurança e nos itens de conforto. O que é muito bom, visto que há 10 anos, ter um carro com ar e direção hidráulica era considerado artigo de luxo.

Ainda há muito o que melhorar, principalmente no tocante a margens de lucro da…
Postagens recentes

Com as vendas de veículos em alta, Chevrolet Onix fecha 2017 na liderança

A Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição dos Veículos Automotores) divulgou os números oficiais das vendas de veículos no Brasil em 2017. Segundo a entidade, as vendas de veículos novos subiram 9,23%, fechando o ano com 2.239.403 automóveis, comerciais leves (como picapes e furgões), caminhões e ônibus comercializados.

No acumulado do ano, o Chevrolet Onix fechou na liderança do mercado se mantendo o carro mais vendido do país pelo terceiro ano seguido. Apenas em dezembro, a montadora americana emplacou 17.508 unidades, quase o dobro do segundo colocado, o Hyundai HB20 que teve 8.770 modelos comercializados. O terceiro lugar ficou com o Ford Ka emplacando com 7.881 unidades. A quarta e quinta posição ficaram com o Volkswagen Gol com 6.054 unidades e o Fiat Argo com 5.590 modelos vendidos.

Entre as picapes, mesmo com um projeto antigo e sofrendo com a constante mudança do mercado, a Fiat Strada liderou entre as picapes compactas e foi o comercial leve mais vendido do ano. A pic…

Volkswagen Fox deve sair de linha no final do ano

Parece que a VW finalmente decidiu dar um destino ao Fox. Depois de várias especulações em relação ao fim de sua produção, um tapa no visual – que deu uma leve sobrevida – e a chegada de novos modelos, o popular ficou espremido e praticamente sem espaço na nova gama da marca.

Muitos diziam que ele iria ganhar uma nova geração, que o novo SUV compacto da VW, ainda inédito, levaria o nome Fox, mas nada foi confirmado. Agora, a VW dá fortes sinais de que o fim está próximo.

A marca alemã reduziu o valor do modelo em até R$ 4.600, além disso, ele só será comercializado com uma opção de motor, a 1.6 que rende até 104cv.



Vale lembrar que após a chegada do novo Polo, o Fox já havia perdido várias versões ficando apenas com a Connect e Xtreme.

Tecnologia da Nissan permite controlar carros com o poder da mente

Como se não bastasse os veículos autônomos, que se deslocam sozinhos pelas ruas, agora também poderemos ter as ruas ocupadas por carros controlados pela mente dos seus motoristas. Pelo menos é o que promete a montadora japonesa Nissan, que anunciou o desenvolvimento de uma tecnologia capaz de interpretar os sinais emitidos pelo cérebro.

Batizada de "Brain-to-Vehicle", ou B2V, a tecnologia consegue captar a atividade cerebral do motorista, permitendo que o mesmo dirija o carro apenas pelo pensamento. Além disso, o B2V analisa toda a atividade cerebral e é capaz até mesmo de antecipar qual ação o motorista vai fazer em um acidente, ou mesmo durante um percurso tranquilo.

Ele prevê o que o motorista pretende fazer antecipando a ação e fazendo com que o carro deva virar na próxima esquina. No caso de acidentes, ele pode prever a reação que o motorista tomaria, escolhendo o melhor a ser feito. Além disso, o sistema também consegue detectar desconfortos e sensações do motorista, …

O novo aplicativo da Chevrolet permitirá que você faça compras diretamente do seu carro

A GM quer tornar a vida de seus motoristas mais eficiente, segura e cômoda com o novo aplicativo Marketplace. A ideia é fazer com que o usuário não precise deixar o conforto do seu carro para ir às compras, abastecer o veículo ou até mesmo pedir um lanche no McDonalds.

A GM diz que o Marketplace será a primeira plataforma de compras da indústria automotiva, permitindo que você possa comprar um café na Starbucks ou pedir refeições em aplicativos como o iFood. Há também a possibilidade de reservar uma mesa no TGI Fridays, por exemplo.

Além dos benefícios citados acima, o aplicativo também vai permitir que os motoristas comprem peças e acessórios para seus carros.

Por enquanto o Marketplace estará disponível apenas para veículos da marca vendidos nos EUA e está limitado a veículos que possuem conexões 4G LTE. Ainda não há previsão para que o serviço chegue ao Brasil.

Toyota usará esterco de vaca para gerar energia para carros e casas

Imagine o esterco de vaca como um recurso natural, não para fertilizar as plantações, mas como energia elétrica e combustível para veículos. Imaginou? Pois bem, é exatamente essa a visão da Toyota em relação as fontes de energia do futuro.

A montadora japonesa anunciou no L.A. Auto Show que pretende construir a primeira usina de energia renovável usando esterco de fazendas leiteiras do estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

A usina foi projetada para capturar o gás metano e gerar água, eletricidade e hidrogênio e deve ser inaugurada em 2020. A Toyota espera que a planta gere cerca de 2,35 megawatts de eletricidade e 1,2 toneladas de hidrogênio por dia, o suficiente para alimentar o equivalente a cerca de 2.350 casas de tamanho médio e atender às necessidades diárias de 1.500 veículos.

Segundo Doug Murtha, vice-presidente do grupo nos EUA, a Toyota já tem 31 postos de hidrogênio na Califórnia, além de uma parceria com a petrolífera Shell para abrir mais estações nos próximos anos.…

Ford vai utilizar o Microsoft HoloLens para projetar carros

Criticado por uns e amado por outros, o Microsoft HoloLens vem ganhando força no setor industrial. A prova disso é que a Ford se uniu à Microsoft para projetar seus carros em realidade aumentada.