PESQUISE NO BLOG

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

É VERO


O Fiat 500, importado do México, teve seu preço revelado esses dias. Trinta e nove mil novecentos e noventa reais. Esse preço ainda não é o correto, ou melhor, o honesto, mas já é alguma coisa. Só de estar 20 mil mais barato que o importado da Polônia é o suficiente para respirarmos novos ares nessa maldita indústria automotiva nacional.

Já posso ouvir o povo dizendo: "entre chinês e italiano sou mais o italiano" ou "da onde sô trocar um Fiat por carro chinês?". Com essa a Fiat vai bater de frente com os chineses e deve se dar bem. O problema é o fraco motor 1.4 EVO de 85 cv, o mesmo dos Unos e cia. Mas de qualquer maneira a redução do preço já é uma boa notícia.

Aos poucos o povo brasileiro vai mudando a mentalidade. Foi preciso um tsunami de carros orientais para começar a abrir o olhos do povo. A Fiat foi a primeira a criar vergonha na cara, e com desculpas ou não, reduziu o preço do carrinho. Mas ainda falta muito.

E não pense que a Fiat é santa, porque a Fiat que cobra R$ 39,990 no 500 é mesma que cobra 50.990 num Palio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário