Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

MAS PORQUE SIM ZEQUINHA

Veja por que os carros são mais caros no Brasil.

GAROTO ESPERTO

Ta aí uma parte da entrevista do Bruno na IstoÉ dessa semana.

 “Ser esportista no Brasil não é fácil. A expectativa é muito alta. Aqui as pessoas torcem para quem ganha e não para quem está competindo. Eu corro porque gosto e não para ser herói, satisfazer as pessoas. É a minha paixão. Se meus resultados forem bons para eu ser admirado, vou ficar contente. Mas preciso focar no que estou fazendo dentro da pista e não no heroísmo da situação. Ainda não sei se estou preparado para viver o que meu tio viveu. É muita responsabilidade”.

 Gostei, depois dessa aposto nele.

PAIS & FILHOS

A vergonha de filhos por pais segundo a Volkswagen.

CHEGOU

Vídeo de divulgação do Chevrolet Cruze confirma os três anos de garantia sem limite de quilometragem.

TRÊS COISAS QUE NUNCA ACABAM

Como dizia o saudoso Ferreira, mecânico e amigo de infância. "Tem três coisas que nunca acabam: chulé, buceta de mulher e motor de Chevrolet."

THE HISTORY OF THE WRC

A história do Mundial de Rali. Legal pacas. Será que tem em Blu-ray?

INCÓGNITA

Essa quem mandou foi o Guilherme Coelho. Parece que se trata da última corrida de rua de Juiz de Fora. Não faço a mínima ideia de onde ele tirou isso e nem da história dessa foto.

VIRAL

Dizem que foi na china, mas o volante lá não é do outro lado?

NO TIME FOR THAT

Me recordo bem que há alguns anos atrás eu e dois amigos fomos procurar o que viria a ser o primeiro carro de um deles. Vimos dezenas de carros e a maioria, para não falar todos, indicava que havia rodado mais, algumas vezes muito mais, que a quilometragem mostrada no hodômetro.

Todos, sem exceção de nenhuma agência ou vendedor, falavam que os carros eram de procedência, a agência tinha compromisso, bla bla bla, a ladainha de sempre.

A farra dessas quadrilhas está com os dias contados. A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3.740, de 2008, que obriga a inclusão da quilometragem rodada no Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

É evidente que isso não vai acabar com esse tipo de fraude, mas inibe futuras práticas e facilita na identificação de quem cometeu o crime. Crime? Sim é crime. Adulterar o hodômetro caracteriza prática de crime de venda de mercadoria imprópria para o consumo, prevista no artigo 7º, inciso IX, da Lei n. 8.137/1990.

O projeto segue agora p…