Pular para o conteúdo principal

RÁDIO LAP


Dez anos atrás me apresentaram essa garota aí. Tal de Shania Twain. E eu tenho que confessar, ela me pegou.

E era sempre ao som da Twain que rolava uns amassos no banco traseiro de um Gol bolinha 98. Não tinha carteira, nem dirigia. Eu levava a moça la pra casa e o lugar mais sossegado era o Gol.

Encontrava com ela quase todos os dias à noite. A gente dava umas voltinhas de bike pelo bairro e íamos até a pracinha do Carmo. Comíamos um cachorro quente com mate couro, depois eu a deixava em casa. Voltava pra casa cantarolando uma música qualquer. Naquele tempo ainda não tinha celular com mp3.

Depois ficava horas no Oi 31 anos. A moça dessa época casou-se e até onde eu sei tem uma filha e mora em Goiás. Essa música aí tocava no toca-fitas do Gol. Bons tempos...

Comentários