Pular para o conteúdo principal

CINCO CARROS QUE NÃO DEVERIAM SER VENDIDOS NO BRASIL

É pouco, eu sei, mas deu pra reduzir um top 50 para 5 dos carros que não deveriam ser vendidos no Brasil. Neste ranking, além do design, levei em conta preço, consumo, custo de manutenção e valor de revenda. O ranking é composto apenas por carros "nacionais" e que foram desenvolvidos para o nosso mercado.


Fiat UNO (o novo): Sua missão era substituir o xará Uno Mille, mas não passa nem perto disso. Econômico é só no nome e na versão 1.0 do Economy. A manutenção é cara e complicada e além de tudo é feio pra dedéu.






Chevrolet Celta/Prisma: Os dois carros são bons. Manutenção fácil e barata, baixíssima desvalorização, potentes e econômicos na medida certa. O que destrói esses carros são a plataforma jurássica, acabamento pobre todo em plástico, tamanho, aerodinâmica e segurança.






VW Gol G4: Tudo bem, manutenção barata e fácil, econômico e relativamente seguro. O que faz com que esse carro entre na lista é o fraquíssimo 1.0 e o acabamento interno. Até pouco tempo esse carro não tinha nem marcador de temperatura!
Chevrolet Corsa Classic: Os mesmo problemas do Celta/Prisma com uma coisa pior ainda. Esse carro foi concebido em meados dos anos 90! Mexe aqui , ali e essa coisa continua velha! Esse carro não deveria ser bom nem pra taxista, mas estamos no Brasil...
Peugeot 207 SW/Escapade: É um carro até barato. Pense bem, perua, vários equipamentos de série por 37 mil e poucos. Só que a Peugeot se esquece que o 207 SW não é uma perua. É um hatch piorado. Fora isso, a desvalorização é tão grande, que é melhor você investir na bolsa de Tangamandapio.

Comentários

  1. Parei de ler quando você citou que a Parati é "relativamente segura". Tão seguro quando andar a 200 por hora, bebado e sem cinto!

    ResponderExcluir
  2. Tb não vi nada relacionado a parati.

    ResponderExcluir
  3. Ao GOL G4. Ele e a Parati são a mesma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são não. Parati é aquele carro um pouco maior que o Gol, que pesa quase 300 kg a mais que o Gol.

      Excluir
    2. Em questão de deformidade, são sim o mesmo carro!
      O reforço estrutural da Parati prevê o peso extra e por isso é maior que no GOL. Mas o resultado no quesito segurança é o mesmo em ambos os casos: UM LIXO!

      Excluir
    3. A Parati é muito mais estável que o Gol, além de... Agora tô na dúvida. Você sabe o que quer dizer relativamente seguro?

      Excluir
    4. Caraca João, pára de dar pilha pra esses Manés, não saber diferenciar um Gol de uma Parati??É o mesmo que pegar uma bola de bilhar e tentar quebrar ela na frigideira.Depois vem com a desculpa que Gol e Parati são a mesma coisa....Tá bom...

      Excluir
  4. parei de ler qnd disse que o Novo Uno ' além de tudo é feio pra dedéu.'

    ResponderExcluir
  5. não vi nada relacionado a parati! kkk

    ResponderExcluir
  6. Fala que o prisma nao deveria ser vendido no brasil por causa dos motivos que vc deu já é EXAGERO... E o SIENA??? e o chev. MALIBU?é alto o custo/benefício... foi discriminação com os "populares" [exceto peugeot] hahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Fiat toma um cuidado maior com o acabamento do Siena, o teto é mais alto(o motorista não fica com a cabeça no para-brisa) e o Siena não chaqualha tanto a 100km/h quanto o Prisma. O Malibu não foi desenvolvido para o nosso mercado, logo, não entra na lista.

      Excluir
  7. Peugeot 207 SW/Escapade o único problema é a desvalorização normal em qualquer francês, graças a falta de competência dos mecânicos e a preconceito do brasileiro, que prefere os 1.0 pé de boi nacionais.

    ResponderExcluir
  8. Não concordo com a sua opinião sobre a segurança dos modelos citados, o Latin NCap comfirmou que são todos pessímos nos testes de acidentes.

    ResponderExcluir
  9. Acho que o idiota acima se referiu ao VW Gol G4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confirmando o que já foi dito, de que brasileiro é trouxa e engole qualquer jogada de marketing, veja o exemplo do Gol G4 (????). O que o departamento de marketing da VW chama de geração 4 é nada mais, nada menos do que um "facelift" executado nun gol "bolinha" (G2). O Gol atual não é um modelo G5, é um G3 levemente modificado. Se esta palhaçada fosse adotada desde o início de fabricação do Gol, em 1980, o modelo atual seria G9: G1 seria o modelo com motor de fusca 1.3; G2, o modelo com motor de Passat e frente do Voyage; G3, o modelo semelhante ao Fox (Voyage) e Fax Wagon (Paraty), exportados para os EUA; G4, os modelos anos 90, quando a VW lançou o motor 1.0; G5, o bolinha; G6, o chamado "G2"; G7, o chamado "G3"; G8, o modelo produzido até 2011 e, finalmente, G9, o atual. Isto sem considerar esta verdadeira aberração de termos diversos modelos da mesma montadora no mesmo segmento sendo vendidos a preços diferentes; vejam o caso da GM: nós tínhamos o Prisma, Classic e Corsa sedã, cada um numa faixa de preço diferente e mais caro que os outros. No caso da VW temos Gol, Fox e Polo, que são praticamente da mesma faixa de mercado (na Europa, o Polo compete com modelos na faixa do Pálio, Peugeot 207(8), Corsa, Fiesta e outros. Enquanto o povo brasileiro continuar a aceitando tudo o que o marketing das montadoras empurra goela abaixo, nós não teremos carros bons, seguros, econômicos e, principalmente, baratos.

      Excluir
  10. Os carros populares no brasil são os piores do mundo! como pode ter gente que ainda defende esses lixos!!! brasileiros....

    ResponderExcluir
  11. O cara que fez essa lista o fez com o pensamento "carro 1.0 é ruim, por isso não devia ser vendido" demonstra que desconhece totalmente os seguimentos de carros e que carro 1.0 nacional entrega exatmente o que a categoría procura, baixa manutenção e preço reduzido. O Uno, por exemplo, é carro de entrada e agor avem com air bag e ABS, o mesmo vale para os outros do segmento, como o novo Nissan March. Você não gostar de alguns carros 1.0 é uma coisa, agora dizer "eu não deveríam de ser vendidos" é mostrar ignorância de um segmento de baixo custo de entrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você acha barato pagar R$24 mil (IPI reduzido) em um Uno pelado o problema é seu. O preço desse carro deveria ser o que era há menos de dez anos, cerca de R$17mil. Lembra? Em 2004 Gol pelado custava em torno de R$17 mil, Celta R$18 mil e o Uno, R$15 mil.
      Se você não leu no início do post, leia agora: “O ranking é composto apenas por carros "nacionais" e que foram desenvolvidos para o nosso mercado.” A maioria desses carros é 1.0. O March é mexicano.

      Excluir
  12. acho que de uma forma geral a lista fala sobre verdades, mas em questao de design, gosto do celta/prisma, acho que isso é pessoal, mas o design dos carros que estao entrando agora sao horríveis (vide sonic e cobalt) e o acabamento nem se fala, cada vez piores (se tiver alguma coisa que saia mais barata que o plastico pras montadoras, pode ter certeza que eles iram colocar)...entao daqui pra frente essas coisas só tendem a piorar, e vejo que se voce quer um carro bom, infelizmente vai ter que desembolsar uns 100 mil pra ter um.

    ResponderExcluir
  13. Cadê a lista completa dos 50 para referência? Uma lista dessas só tem embasamento com analises técnicas como: Peso do veículo, força em HP nas rodas, retomadas, consumo médio, preço da revisão ou comparação de substituição de peças como freio, amortecedores e etc...

    ResponderExcluir
  14. Cara, você sabe o que é ser irônico? Por acaso existe 50 carro nacionais desenvolvidos para o Brasil??? VAI PRA ESCOLA CAMARADA!!!

    ResponderExcluir
  15. Adorei os comentários..rsrs ja sai desses nacionais faz tempo, agora, o povo gosta de insistir no erro, fazer o q?

    ResponderExcluir
  16. muito bom,ri muito da parte: é melhor investir na bolsa de tangamandapio kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. A GM ainda faz cada coisa. Vejam o caso do Vectra GT. Na verdade, ele é o Astra na Europa. Mas como aqui o Astra velho ainda vendia razoavelmente bem, inventaram que o novo seria um Vectra. Ou seja, a velha história do brasileiro sendo feito de trouxa, pagando mais e se achando o tal com um carro que na verdade deveria estar uma categoria abaixo.

    ResponderExcluir
  18. O prisma tem outro detalhe, que é péssimo pra quem anda com mais gente no carro. O banco de trás, com 2 pessoas já fica muito apertado. Andar com crianças, então, é tortura

    ResponderExcluir
  19. Sempre espero que citem o FOX nesse tipo de lista... mas mesmo assim nao consigo deixar de gostar desse carro.. tenho um 2009/2010 e um 2011/2012...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

AS VANTAGENS DE COMPRAR UM VW GOL

Muito tem se falado dos carros "nacionais". Uns metem o pau, outros elogiam e alguns até os veneram cegamente torcendo como se fossem times de futebol. A verdade é que existem vantagens e desvantagens nesses carros.

Num mercado tão peculiar como o nosso e cada vez mais exigente, fica difícil saber quais as verdadeiras vantagens de se comprar um automóvel "nacional". Vejamos então quais são as vantagens de se comprar um Gol, o carro mais vendido do Brasil, que hoje enfrenta uma queda brusca nas vendas por motivos óbvios.

CINCO CARROS 1.4 MAIS POTENTES

Sem delongas, vamos aos carros 1.4 "nacionais" mais potentes do mercado. Economia, conforto, espaço interno, nada disso vale aqui. O que vale é subir o morro tranquilo, com as bagagens e a família toda no carro. Será que isso é possível? Vamos à lista:


5 - Peugeot 207 1.4 16v
O 207 conseguiu uma façanha que parecia ser impossível. Ser menos potente que os motores Fiats. De imediato, os números não parecem surtir efeito. Mas é quando se anda no francesinho, que o desespero de pegar um morro vira rotina. O Citroen C3 tem o mesmo motor do 207.
Potência máxima (cv): 80,0 (G) / 82,0 (E) a 5.250 rpm
Torque máximo (kgf.m): 12,85 (G) / 12,85 (E) a 3.250 rpm

Ford vai utilizar o Microsoft HoloLens para projetar carros

Criticado por uns e amado por outros, o Microsoft HoloLens vem ganhando força no setor industrial. A prova disso é que a Ford se uniu à Microsoft para projetar seus carros em realidade aumentada.