Pular para o conteúdo principal

QUEDA DO IPI FAZ PREÇO DOS USADOS DESPENCAREM

Se por um lado os carros novos ficaram mais baratos, os usado ficaram ainda mais. Mesmo com a redução do IPI, o "desconto" das concessionárias e a redução nos preços de tabela, os carros 0km não ficaram tão baratos assim. O resultado? O efeito IPI reduzido passou longe de impulsionar as vendas.





O resultado de tudo isso foi a queda brusca no preço do usado. Já escrevi em outro post, que em alguns casos a desvalorização chega até 20%. Mas é preciso cuidado na hora de trocar também por um usado. Hoje, em uma pequena e rápida pesquisa, presenciei a avaliação de um VW Gol G4 2005 1.0 pelado, que há pouco menos de um mês, foi avaliado em R$15 mil reais e agora por R$8 mil e quinhentos reais.

Um dos leitores do blog passou por uma experiência semelhante:

"Fiquei sabendo que com a redução do IPI os carros usados ficaram mais baratos, então, na melhor da intenções fui pesquisar para saber se compensava trocar de carro. Há menos de um mês, venho tentando trocar de carro e já estava por dentro do preço. Decidi voltar nos mesmos lugares que avaliei meu carro. A revenda escolhida foi a Seminovos Localiza da Vila Leopoldina. Por mais incrível que pareça, o meu carro desvalorizou e o deles não. O vendedor que nos atendeu, além de atender com má vontade, não se lembrava de mim. Olhei o mesmo carro que já tinha olhado há quinze dias e o preço continuava o mesmo. Questionado sobre o porque o meu carro desvalorizou quase 60% e o da loja não, ele ficou extremamente irritado."

Há alguns anos atrás, estive no Shopping Portal em Belo Horizonte para ajudar um amigo a comprar um Fiat Uno Mille. O carro era lindo, novinho, super bem conservado. O preço de tabela na época era de R$9.500, o carro estava sendo vendido por R$12.500. Negociamos com o vendedor e ele não deu desconto algum. Depois de desistir da compra, questionei sobre o preço, e ainda disse que ele não venderia aquele carro fácil. Ele me respondeu o seguinte: "Uma hora aparece um doido com dinheiro e compra."

Pois bem, é assim que esses caras trabalham no Brasil. É por isso que TUDO, não só os carros, mas TUDO no Brasil é mais caro. As pessoas não dão valor ao dinheiro que ganham.

Por isso é importante acompanhar sempre a tabela Fipe. Para quem não acompanha, a melhor maneira de saber o preço do seu carro antes da redução do IPI é consultando a sua seguradora, ou aquele folheto que eles enviam por correio, ou até mesmo o contrato do seguro. Lá tem todas as informações do carro, inclusive o valor.

Não se deixe enganar. Conversa de vendedor nunca é bom para o cliente. Sempre tem uma coisinha aqui, ali e quem sai no lucro é ele. É claro que nem toda concessionária é bandida e nem todo vendedor passa o pé no cliente, mas infelizmente a maioria é e passa.

Se o você tem o preço antigo do seu carro em mãos e tem como comprovar, questione até os centavos na hora da avaliação e não troque de carro até que tudo se encaixe no seu bolso. Não se apavore. Carro encalhado é o que mais tem por aí.

Comentários

  1. Pois é. Meu corsa, paguei 15 mil..
    Preço de tabela fipe 14 mil.
    Fui vender numa cc e os caras avaliaram por 8500. Absurdo...
    Reduziram o ip, mas reduzem seu carro tb...aí fode tudo.

    ResponderExcluir
  2. Tenho um Sandero 2010 completo e hoje foi avaliado por 20 mil sendo que pagei 38mil em 2010...

    ResponderExcluir
  3. A solução é:
    Parem de comprar carro ZERO !!!
    Hoje em dia a cada 10 pessoas q trocam de carro 8 trocam por ZERO KM, isso esmaga o mercado de carros usados e a tendência e cair o preço do usado.
    Vamos começar a fazer circular o mercado de usados para que nossos carros "usados" não desvalorizem tanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa se minha opinião te ofender pq não é o objetivo, mas fazer isso que vc está falando é viver no passado. O Brasil é um país que está crescendo e está rumando ser em breve um país desenvolvido. Se o mercado ficar sempre rodando carros usados como pode a economia do país crescer? Eu fiz uma pequena viagem ao Japão e percebi que lá eles nem mesmo vendem os carros usados. Simplesmente se livram deles e compram outros. Assim funciona um país desenvolvido. A condição finaceira do Brasileiro melhorou muito e a lógica é o mercado de carros novos crescer e o de carros usados diminuir.

      Excluir
    2. Vamos lá Gustavo, o Brasil não está crescendo, pelo contrário, do início do ano pra cá só recuou. A indústria nacional está cada vez mais fraca e sem sinal de melhora para os próximos meses. O Brasil já sente os sinais da crise.

      Não, não vamos ser em breve, nem tão cedo, um país desenvolvido. O Brasil tem graves problemas que só serão resolvidos em longo prazo e o governo atual nada faz. Um exemplo é a educação.

      A condição financeira do brasileiro não melhorou muito. O que melhorou foi o acesso ao crédito. O brasileiro continua sem dinheiro e agora com dívidas.
      Em países desenvolvidos como o Japão, o mercado é assim há anos. O governo não muda estratégias de mês em mês para impulsionar a indústria.
      O grande problema do mercado de carros usados no Brasil é essa incerteza no mercado. Cada hora é uma coisa, reduz IPI, volta IPI, dá crédito, retira crédito. Uma hora os carros valorizam outra hora desvalorizam.
      Hoje muitos revendedores jogam o preço dos usados lá em baixo com a desculpa do IPI, daqui a dois meses volta o IPI e muda tudo de novo. É esse tipo de incerteza que faz com que muitas pessoas no Brasil levem prejuízo. Infelizmente, os carros novos ficaram até 9% mais baratos e os usados até 20%.

      Excluir
    3. Pois bem.
      Me desculpe, mas a indústria não vai crescer às custas do super faturamento de seus subprodutos. Se querem meu dinheiro, vão ter de melhorar muito essas carroças que eles vendem. E a industria é uma sangue-suga pois fica fazendo propaganda de redução de ipi para o pessoal não chorar desconto. Grandes porcarias, pois se vc tem dinheiro consegue até mais desconto do que essa enganação do ipi. O governo só deveria beneficiar com redução de impostos as empresas que trazem inovações para o Brasil.

      Excluir
  4. Me animei com a redução do IPI e dos juros... fui pesquisar para trocar de carro. As revendas aqui no RS estão pagando de 15 a 20% menos que a tabela FIPE... é um absurdo. O IPI caiu e o valor do usado também?! No fim das contas, é trocar seis por meia dúzia... Prefiro ficar com o meu enquanto não der problemas. Afinal, meu dinheiro não nasce em árvore e o meu governo só me ilude!

    ResponderExcluir

Postar um comentário