Pular para o conteúdo principal

AS VANTAGENS DE COMPRAR UM VW GOL

Muito tem se falado dos carros "nacionais". Uns metem o pau, outros elogiam e alguns até os veneram cegamente torcendo como se fossem times de futebol. A verdade é que existem vantagens e desvantagens nesses carros.

Num mercado tão peculiar como o nosso e cada vez mais exigente, fica difícil saber quais as verdadeiras vantagens de se comprar um automóvel "nacional". Vejamos então quais são as vantagens de se comprar um Gol, o carro mais vendido do Brasil, que hoje enfrenta uma queda brusca nas vendas por motivos óbvios.

1 - Confiabilidade: O Gol já não é o mesmo de antes. Na verdade o Gol saiu de linha em 1994 quando a nova geração foi lançada, o famoso Gol bola. O Gol, o verdadeiro Gol, pendurou as chuteiras ali. O que veio depois, foi outro carro carregando o mesmo nome e que por sorte, fez o mesmo sucesso, e até mais, que o antigo. Tudo isso graças ao empenho da VW em fazer um carro forte, econômico, potente, moderno, seguro e resistente de verdade. Tudo isso nos padrões da época. Essa “era” durou até meados de 2007, quando o Gol da segunda geração saiu de linha novamente e foi lançado um outro carro, o Gol G5. Este não carrega nada dos antigos, só mesmo o nome. Infelizmente tudo o que tinha valor nos outros dois Gols, se perdeu aqui. Mas apesar de tudo, o G5 ainda é um carro confiável, não tanto igual aos outros, mas igualmente confiável como um Palio, Fiesta e até alguns asiáticos.


2 - Economia: Querendo ou não, o Gol é um carro econômico. E falo isso em todos os sentidos. O motor VHT, tanto 1.0 quanto o 1.6, apesar de fracos, não bebem quase nada. É possível, por exemplo, ir de São Paulo a Belo Horizonte, com um tanque cheio e chegar no destino com a metade do tanque. Claro que isso vai depender do pé do motorista, mas se ele seguir o manual, trocar de marchas na hora certa e respeitar os limites de velocidade a autonomia desse carro é impressionante. É bom o motorista ter uma paciência de Jó, porque a viagem vai ser demorada.

3 - Peças e Manutenção: O Gol tem uma vantagem frente aos concorrentes que nenhum outro chega aos pés (exceto alguns GM). Até mesmo no G5. São as peças baratas, fáceis de encontrar, manutenção fácil e barata. Em qualquer lugar do Brasil você compra, por exemplo, uma lanterna traseira do lado esquerdo. Qualquer pessoa, com o mínimo conhecimento em reparação automotiva, faz a substituição da lanterna. Isso faz com que a mão de obra nas oficinas caia pela metade comparado com outros modelos. O mesmo acontece na hora de trocar a correia dentada. Existem carros nos quais é preciso retirar várias peças para a substituição da correia, nos Gols, aí tanto o G4 quanto o G5, é bem mais simples. Há espaço de sobra para o mecânico trabalhar.

4 - Preço de revenda: Muito se fala sobre a desvalorização dos carros usados. Esse não é o caso do Gol. O brasileiro mudou o modo de pensar sobre carros, o consumidor está mais exigente e por aí vai, mas nada disso fez com que o Gol perdesse valor de mercado como os outros carros estão perdendo. Seja pela fama do G5, ou não, esse carro ainda desvaloriza menos que um Palio. Um Gol, ainda é muito bem vindo em qualquer revenda do país. É aquele típico carro que entra e sai logo, anunciou, vendeu.

Em um país como o nosso, infelizmente a maioria dos brasileiros não pode se dar ao luxo de comprar um carro melhor, mais equipado, mais potente. Manter um carro no Brasil é muito caro. O Gol é o carro mais vendido do país por atender essas necessidades. Bem ou mal, é o carro que vai dar menos dor de cabeça ao dono. Apesar dos problemas que o G5 vem enfrentando, ele ainda consegue se virar muito bem na hora da revenda e talvez seja por isso que "continua sendo o Gol".