PESQUISE NO BLOG

terça-feira, 31 de julho de 2012

NOVO C3 É MAIS UM QUE FICA MAIS CARO, BEM MAIS CARO


É assim que funciona. A Fiat quis reposicionar o Palio – os italianos não querem que o compacto seja popular – então, o novo Palio passou a ser vendido com preços acima dos R$30 mil. A Volkswagen entrou na onda e reposicionou o Gol. O novo Gol ficou mais caro embora com um ar mais sofisticado. E o que os chamados "compactos Premium" vão fazer? Competir com os populares "nacionais"? Não! Também vão ficar mais caros. Ora, se um Gol custa R$48 mil, um legítimo europeu deve custar muito mais. Afinal, Gol, querendo ou não, é o carro do povão.

É provável que esse também tenha sido o pensamento dos executivos da Citroën. Não faz sentido os preços desses carros subirem tanto de uma geração para outra. O novo C3 1.6 completo, com todos os opcionais, vai custar nada menos do que R$61.580. Sendo que em Portugal, o C3 é vendido a partir de R$33.060! O Novo C3 básico, no Brasil, vai custar a partir de R$40.990, com IPI reduzido. Quando o IPI voltar, e ele vai voltar, o francesinho metido vai custar acima dos R$45 mil.

Se você abrir qualquer jornal hoje, se for a qualquer concessionária da marca, se fizer uma rápida pesquisa na internet ou ligar a TV vai ver anúncios do C3 (antigo) completo por R$34.990. Claro que esse preço é na promoção de desova, mas o preço normal dele era de R$35 a R$37 mil. Depois da redução do IPI caiu para os 34 mil.

Faz sentido um negócio desses? Não. E não foram os novos equipamentos os responsáveis por esse aumento abusivo, esdrúxulo, indigesto, inescrupuloso. A montadora vai dar essa desculpa esfarrapada. Na verdade, isso tudo começou lá atrás, com o lançamento do novo Uno. Um Uno bem mais caro que o antigo. Mas isso é assunto para outro post. Quem sabe até um livro.

O recente aumento nos preços dos carros novos vem acontecendo na calada da noite. Entre um lançamento e outro. A desculpa? Os equipamentos de série, novos itens tecnológicos e mimos desnecessários para motoristas preguiçosos. E quanto à segurança desses novos carros? Há algo de novo?

9 comentários:

  1. Gandre bosta! Continua sendo o C3, continua sendo Citroen. Ficou muito mais caro por nada. NADA! Era pra continuar sendo vendido pelo mesmo preço. Vide europa, onde mudou de modelo e preço se manteve inalterado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos no Brasil. E mudou muita coisa, não é o mesmo C3 com o acabamento mais ou menos. Está melhor, mas não deveria ter aumentado tanto.

      Excluir
  2. R$ 61 mil ?? prefiro comprar um Civic ou um City.

    ResponderExcluir
  3. Por esse preço eu compro um Civic ou um Cruze.

    ResponderExcluir
  4. O porquê do aumento, simples, o brasileiro paga. Se o preço fosse R$100.000, o brasileiro iria pagar do mesmo jeito, nesse país o que importa é ter carro novo, com opção de câmbio borboleta, enquanto os itens que fazem o carro seguro estão em segundo plano.

    ResponderExcluir
  5. Tem gente que paga 35 a 40 mil num FOX. Cara o fox é o lixo do lixo. O carro por dentro tem dois botão (se tiver ar condicionado), senão tem um botão só. Mas tem cara que paga. O fox é um dos mais vendidos, ou seja, Brasileiro é burro mesmo

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de ver a cara das montadores se liberarem a importação de carro usado.

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de ver a cara das montadores se liberarem a importação de carro usado.

    ResponderExcluir