Pular para o conteúdo principal

NOVO FIAT PUNTO 2013 É MAIS UM QUE FICA MAIS CARO


Depois de muita gente me cobrar qual a minha opinião sobre o novo Fiat Punto 2013, vou tecer rápidos comentários sobre o carro. Na verdade, não deveria falar nada, pois o Punto continua o mesmo.

As únicas mudanças que o carro recebeu, foram o novo interior, um tapa no visual e o preço. Sim. O Punto, a exemplo do Gol G6, ficou mais caro. Pouca gente na imprensa especializada noticiou o fato. Aliás, ninguém publicou nada, apenas os novos preços. Nem ao menos se deram o trabalho de pesquisar os preços antigos e comparar com os novos. Por que será?

O Punto 2013 continua o mesmo de sempre. Com os mesmos problemas elétricos, as mesmas peças vagabundas, a mesma manutenção cara e os mesmos motores. Sim, o 1.4 Fire EVO é o mesmo 1.4 Fire, mas com melhorias. Vale destacar também, que com essa atualização na parte estética, o Punto continua com um estilo bastante esportivo e mais requintado. As principais mudanças deixaram o Punto mais confortável, com novos desenhos e luzes no painel, nova serigrafia em cada versão, lanternas traseiras em LED, inovações tecnológicas como o DNA (Dinâmico, Normal e Autonomia) além de Airbag e ABS em todas as versões.

Com todas essas novidades, o Punto novamente se destaca em sua categoria. Principalmente quando se trata de segurança. O Punto, é um dos poucos, na sua categoria, que oferece como opcional airbags laterais e window bags. A segurança não costuma ser um item presente nos opcionais dos carros nacionais. A Fiat já disponibilizava side bags dianteiros, como opcional, nos novos Palio e Grand Siena.

Visto tudo isso, o que eu tenho a dizer sobre o novo Punto é o que sempre disse. É um carro jovem, esportivo, cheio de novas tecnologias e seguro. É caro. Ficou ainda mais caro. Mas isso nunca tirou os benefícios que o Punto trás aos seus compradores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS VANTAGENS DE COMPRAR UM VW GOL

Muito tem se falado dos carros "nacionais". Uns metem o pau, outros elogiam e alguns até os veneram cegamente torcendo como se fossem times de futebol. A verdade é que existem vantagens e desvantagens nesses carros.

Num mercado tão peculiar como o nosso e cada vez mais exigente, fica difícil saber quais as verdadeiras vantagens de se comprar um automóvel "nacional". Vejamos então quais são as vantagens de se comprar um Gol, o carro mais vendido do Brasil, que hoje enfrenta uma queda brusca nas vendas por motivos óbvios.

CINCO CARROS 1.4 MAIS POTENTES

Sem delongas, vamos aos carros 1.4 "nacionais" mais potentes do mercado. Economia, conforto, espaço interno, nada disso vale aqui. O que vale é subir o morro tranquilo, com as bagagens e a família toda no carro. Será que isso é possível? Vamos à lista:


5 - Peugeot 207 1.4 16v
O 207 conseguiu uma façanha que parecia ser impossível. Ser menos potente que os motores Fiats. De imediato, os números não parecem surtir efeito. Mas é quando se anda no francesinho, que o desespero de pegar um morro vira rotina. O Citroen C3 tem o mesmo motor do 207.
Potência máxima (cv): 80,0 (G) / 82,0 (E) a 5.250 rpm
Torque máximo (kgf.m): 12,85 (G) / 12,85 (E) a 3.250 rpm

Ford vai utilizar o Microsoft HoloLens para projetar carros

Criticado por uns e amado por outros, o Microsoft HoloLens vem ganhando força no setor industrial. A prova disso é que a Ford se uniu à Microsoft para projetar seus carros em realidade aumentada.