Pular para o conteúdo principal

O ALTO PREÇO DOS CARROS NO BRASIL ESTÁ MUITO ALÉM DO LUCRO BRASIL


Imagine que o preço de produção de um simples farol seja de cem reais, incluindo aí os impostos da folha de pagamento dos funcionários, conta de luz, água, telefone e tudo mais. O farol sai da fábrica para a montadora, ou para uma loja em algum lugar do país. Neste trajeto, há pedágios, alto preço da gasolina, do transporte, logística, etc. Chegando ao destino, há mais impostos. Novamente os da folha de pagamento de funcionários, IPI, etc, conta de água, luz telefone, etc. Sem falar do aluguel, que, se houver, não está nada barato.

A esta altura, o simples farol, produzido por cem reais, vai ser vendido por quatrocentos (embutido o lucro). Todo este processo, além de demorado, burocrático e caro, é um cenário perfeito para que empresários mal intencionados possam enganar seus clientes. É por isso que não é raro, encontrarmos numa mesma cidade, uma diferença de preço entre peças de reposição, de até 300%.

Dependendo do ponto em que certas lojas se encontram, alguns costumam jogar a culpa do preço alto dos produtos em cima do aluguel caro da loja. Nem sempre. Muitas vezes, os preços são definidos no achômetro. O empresário mal intencionado acha que o produto dele vale X, sendo que na realidade vale Y. É muito fácil cobrar além do que vale, já que o preço real fica escondido no meio de tanta sobrecarga de taxas, serviços e impostos. “Há também os carteis e acordos entre os “concorrentes”: “– Você cobra X e eu Y. Quando seu estoque estiver no final, você cobra Y e eu X”. E por aí vai.

A verdade é que a combinação do Lucro Brasil com a alta carga tributária, as dificuldades na distribuição e transporte dos produtos, faz com que tudo no Brasil seja exageradamente caro. O maior peso é a carga tributária. Existem produtos que saem tão caros da linha de produção, que o seu lucro é mínimo.

Tantos impostos, taxas e problemas na distribuição deixam o consumidor totalmente sem noção do valor real de um produto. O que ele nota, e muito bem, é que está cada vez mais caro viver no Brasil. E não é porque o país está melhorando.

Pois bem, debaixo dessa “terra adorada” tudo continua exatamente como antes. Trabalhamos muito para pagar o luxo dos nossos representantes em Brasília. A classe média e os mais pobres continuam pagando mais impostos para que os filhos dos mais ricos estudem nas melhores universidades. E estamos, mais do que nunca, enriquecendo os empresários do mundo inteiro, quando pagamos um valor exagerado por um produto que, muitas vezes, vale menos da metade do preço.

Exibir nas etiquetas, o valor dos impostos embutidos nos produtos, não vai ser o suficiente para reduzir, ou frear a alta dos preços no Brasil. É preciso que haja transparência desde o processo de produção, para que assim, se conheça o valor real de cada produto. E precisamos parar de nos “encantar” com qualquer novidade que aparece no mercado. Fazemos isso há mais de 500 anos, desde quando os portugueses chegaram por aqui. Está passando da hora de evoluirmos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS VANTAGENS DE COMPRAR UM VW GOL

Muito tem se falado dos carros "nacionais". Uns metem o pau, outros elogiam e alguns até os veneram cegamente torcendo como se fossem times de futebol. A verdade é que existem vantagens e desvantagens nesses carros.

Num mercado tão peculiar como o nosso e cada vez mais exigente, fica difícil saber quais as verdadeiras vantagens de se comprar um automóvel "nacional". Vejamos então quais são as vantagens de se comprar um Gol, o carro mais vendido do Brasil, que hoje enfrenta uma queda brusca nas vendas por motivos óbvios.

CINCO CARROS 1.4 MAIS POTENTES

Sem delongas, vamos aos carros 1.4 "nacionais" mais potentes do mercado. Economia, conforto, espaço interno, nada disso vale aqui. O que vale é subir o morro tranquilo, com as bagagens e a família toda no carro. Será que isso é possível? Vamos à lista:


5 - Peugeot 207 1.4 16v
O 207 conseguiu uma façanha que parecia ser impossível. Ser menos potente que os motores Fiats. De imediato, os números não parecem surtir efeito. Mas é quando se anda no francesinho, que o desespero de pegar um morro vira rotina. O Citroen C3 tem o mesmo motor do 207.
Potência máxima (cv): 80,0 (G) / 82,0 (E) a 5.250 rpm
Torque máximo (kgf.m): 12,85 (G) / 12,85 (E) a 3.250 rpm

Ford vai utilizar o Microsoft HoloLens para projetar carros

Criticado por uns e amado por outros, o Microsoft HoloLens vem ganhando força no setor industrial. A prova disso é que a Ford se uniu à Microsoft para projetar seus carros em realidade aumentada.