PESQUISE NO BLOG

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

NOVA MONTANA COMBO, PEUGEOT É MULTADA E TOYOTA PRIUS NO BRASIL


Chevrolet lança nova Montana Combo

Pelo visto, fazer “gambiarras” em picapes não é exclusividade da Fiat. Com um atraso de três meses, a Chevrolet lançou oficialmente a nova Montana Combo, na qual, o novo, consiste apenas de uma caixa de fibra de vidro na caçamba. A versão furgão da Montana já estava sendo vendida desde agosto, mas apenas para frotistas. Os pacotes disponíveis são os R6W, R6X e R6V com preços que partem de R$ 40.474 e vão até R$ 47.115. A motorização é a mesma em todas as versões, o bom e velho 1.4 Econo.Flex. Assim como a cabine dupla da Fiat Strada, que é uma das “gambiarras originais” mais porcas e caras de todo o universo, a Montana Combo só não a supera por não transportar passageiros na caçamba.

Peugeot é multada em R$ 373 mil por propaganda enganosa

O Governo Federal multou a Peugeot do Brasil em R$ 373 mil por propaganda enganosa. Foram duas multas, a primeira pela campanha “Demorou, Dançou” que anunciava o Peugeot 206 com "parcelas a partir de R$ 206", mas a francesa não falava da “existência do valor de entrada e das parcelas intermediárias na mesma proporção visual do valor chamativo", detalhou o Ministério da Justiça. Já a segunda multa, é referente à campanha “Eu e Peugeot, Peugeot e Eu” por omitir informação sobre o custo total da operação de crédito na promoção. A Peugeot vai recorrer da decisão. Mas como fica o bolso dos consumidores prejudicados, principalmente, pela última campanha?

Toyota Prius chega em janeiro ao Brasil

Com 15 anos de atraso o Toyota Prius finalmente vai chegar ao mercado nacional. O Prius foi lançado no Japão em 1997, mas só em 2001 alcançou os principais mercados automobilísticos mundiais. Em 2009 ele se tornou o carro mais vendido do Japão e se mantém no topo da tabela até hoje. O Prius virou um verdadeiro ícone dos automóveis híbridos, por ser o primeiro veículo popular com tecnologia híbrida, e consequentemente o mais vendido. Provavelmente isso não vai se repetir no Brasil. Fala-se que a Toyota irá cobrar cerca de R$120 mil no Prius, e já estão dizendo que o alto preço é por culpa da falta de incentivos fiscais. Em parte isso é verdade, mas justifica um preço tão absurdo? Nos EUA, por exemplo, ele custa cerca de 24.200 dólares. Preço e porte de carro popular. Mas na terra do samba, só por ser híbrido, será motivo de sobra para uma supervalorização. E para um povo que considera o Corola um carro de luxo, para a Toyota, isso vai ser fichinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário