quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

VEJA COMO É FÁCIL ENGANAR O CONSUMIDOR LEIGO

Ontem ao avaliar um carro para um amigo, me deparei com uma situação nada incomum. Além de o carro estar em péssimo estado, o vendedor, ou desconhecia informações indispensáveis sobre o veículo, ou tentou encobri-las. Tentei fazer um vídeo, mas não foi possível, porque o sujeito, que se intitulava vendedor, não permitiu. Sem problemas. Achei a loja em um site de anúncios e vou ilustrar com algumas fotos.

1 – Pela própria foto é possível perceber que o farol, do lado do passageiro, foi trocado. Um está mais escuro que o outro. Até aí tudo bem, mas o pior é que o farol novo não é original, e nem um “paralelo” melhorzinho, mas sim, uma das piores marcas chinesas.








2 – O vendedor insistiu em dizer que o modelo era um Gol “Trend”, e não era! O Gol Trend 2008 possui antena no teto, preparação para som, emblema “Trend” nas laterais e na tampa traseira do porta-malas, aerofólios na cor preto fosco e além do mais, calotas diferentes deste modelo. Tem também painel com conta-giros, marcador de temperatura (para os fabricados no segundo semestre de 2008), retrovisores e para-choques na cor do veículo. No caso deste Gol, os para-choques foram pintados tão mal, que era possível ver “respingados” de tinta no emblema da VW.

3 – Mas os piores detalhes estavam no interior do carro. De tão rodado, o volante, como é possível ver na foto, estava extremamente gasto. A capa da buzina parece que foi trocada, pois está de cabeça para baixo. Já a manopla do câmbio estava novinha. É evidente que trocaram e por outro modelo, que também não é o do Gol “Trend”.








Aparentemente a parte mecânica estava em ordem. O que não estava em plena ordem era o preço. A tabela FIPE do Gol “Trend”, fabricação 2007, modelo 2008 é de R$ 16.565,00. No entanto, mesmo depois de uma negociação firme, a loja cobrava R$18.200,00. E não caiu nem um centavo, mesmo com a possibilidade de o pagamento ser à vista.

Quem perde nessa é a própria loja e o vendedor, ou, infelizmente, algum consumidor desinformado. Ficar atento a estes mínimos detalhes pode fazer toda a diferença para uma negociação saudável, na hora de comprar seu carro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário