PESQUISE NO BLOG

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Fim do mistério: Celta fica em linha até 2017 e novo subcompacto da GM é batizado de “Projeto Jade”

Depois de várias especulações sobre o futuro do Chevrolet Celta, finalmente abre-se uma luz no fim do túnel. Muita gente, inclusive eu, apostou que o Celta sairia de linha em 2014 e que a GM já teria um substituto para o carrinho neste mesmo ano. Ledo engano. Mas diga-se, seria o mais provável, já que outras marcas estão prestes a lançar novos modelos de entrada (novo KA, Up! & cia) bem mais interessantes que os seus atuais. Manter o Celta em linha para concorrer com carros mais modernos, tecnológicos e econômicos seria como dar um tiro no próprio pé. Mas pelo visto foi isso o que a GM optou por fazer.


A sempre eficiente equipe do Automotive Business apurou que a GM do Brasil vai manter o Celta em linha até 2017, ano em que o tão aguardado novo subcompacto da marca chega para substituí-lo. Até lá, o Celta ainda deve receber algumas atualizações, mas apenas leves tapas visuais para que não fique mais defasado do realmente será.

Chevrolet Spark
O Celta, hoje, já é bem desinteressante perto de vários concorrentes. Se ficar em linha por mais quatro anos, vai figurar nas últimas posições em vendas. Um tapinha no visual aqui, outro ali, é a forma que a GM tem para manter as vendas mornas. Embora dificilmente o Celta volte a figurar entre os mais vendidos, esse tipo de estratégia sempre funciona, principalmente no nosso mercado, onde “o novo” é supervalorizado.

Sobre o novo subcompacto, por enquanto sabe-se apenas que foi batizado de “projeto Jade”. Provavelmente esse nome não será adotado, já que a Honda lançou este ano na China uma perua com o mesmo nome. Há quem diga que a GM vai manter o nome "Celta", assim como fez com o Prisma. Ainda é cedo para qualquer especulação desse tipo, mas já dá para adiantar que o projeto "Jade" será uma mistura de Chevrolet Spark com Onix e não está descartada uma versão sedã para ocupar o lugar do Classic.

Nenhum comentário:

Postar um comentário