Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

Fiat Punto encalha e é oferecido com grandes descontos

Se por um lado quando houve a redução do IPI era praticamente impossível negociar descontos com os vendedores, agora a história é outra. Para quem não se lembra, quando o IPI dos carros 0 km entrou em vigor, a maioria das concessionárias usava o IPI como desculpa para não retirar um centavo a mais do preço final do carro. Era quase impossível negociar com alguns vendedores um “descontinho”, já que, na cabeça deles, o preço do carro com IPI reduzido já estava de bom tamanho. O resultado? Teve gente por aí lucrando muito e outros se endividando. Pois bem, o país entrou em recessão, o IPI voltou, as pessoas estão endividadas, as vendas caíram e os pátios estão abarrotados de carros.

4 carros populares que deveriam ser vendidos no Brasil

Frequentemente eu recebo em minha caixa de correio eletrônico várias mensagens de pessoas reclamando de que eu não gosto de carros populares, que pego pesado em minhas críticas e não levo em consideração a que fim o carro foi feito. Isso não é verdade. Eu aprecio sim os carros populares, mas os bons carros populares, que são raros no Brasil. Por isso, selecionei quatro carros populares que provavelmente eu compraria se fossem vendidos no Brasil. Segura aí:


Kia Rio – Além do belo design, o Kia Rio se diferencia dos outros carros da sua categoria pelo estilo superior, conforto de primeira classe, tecnologia de ponta e equipamentos de segurança. Ele recebeu cinco estrelas no EuroNCAP e, além do mais, a Kia dá sete anos de garantia. Mas apenas na terra da rainha. Provavelmente se este carro fosse vendido no Brasil ele não sairia por menos de cinquenta mil.


Polo Europeu – Não há muito que falar sobre o Polo no Brasil. Todo mundo sabe da sua qualidade e reputação, no entanto, aqui ele é vendi…

Lei Seca brasileira X Método russo de lidar com motoristas bêbados

Método Russo:



Adivinha qual é mais eficiente?

5 carros que saíram de linha e não sentiremos saudades

Renault Symbol: Que tal comprar um Clio Sedã por mais de R$ 40 mil? Loucura? Pois o Symbol era nada mais nada menos que o Clio Sedã de R$ 40 mil Dilmas. Tudo bem que ele tinha acabamento um pouco melhor que o Clio, alguns itens de conforto a mais e era um sedã. Mas era o Clio Sedã, ainda mais feio e, muito, mas muito caro. Não é à toa que o Symbol encalhou e virou mico. O brasileiro gosta de paga caro em carroças, mas também não é tão tapado a ponto de pagar tanto num disfarce meia boca.




Fiat Tipo: Quando eu era criança, no lançamento do Tipo, meu pai foi contemplado com um Tipo zerinho no consórcio. Por sorte ele tinha um bom faro para carros problemáticos e passou a carta de crédito à diante. Sorte nossa. O Tipo viria a se tornar a maior bomba da história da indústria automobilística brasileira. Além de inúmeros casos de incêndios, os modelos que não viraram pó, apresentaram diversos problemas eletrônicos e mecânicos. Somando isso à mão de obra cara, falta de peças de reposição e a q…