PESQUISE NO BLOG

quinta-feira, 19 de março de 2015

Veja o que acontece quando o pai fica em casa cuidando do bebê



Bem, nós que somos apaixonados por carros entendemos bem isso aí. Isso vem de berço. Passa de pai para filho. Há quem não entenda como alguém pode se arrepiar com o som de um superesportivo. Se emocionar com o simples cheiro de borracha queimada no asfalto. Relaxar enquanto dirige em uma estrada perigosa durante horas.

Tudo bem, eu também não entendo muita coisa. Não entendo como alguém pode parar o que está fazendo para assistir novela. Também não entendo como alguém pode ser apaixonado por uma banda ou artista a ponto de gastar fortunas para acompanhar shows e tudo mais. Não entendo, não mesmo, como alguém consegue assistir aquelas lutas livres, UFC, MMA e cia. Deve ter algum motivo para gostar disso, vai saber...

O meu gosto por carros se deu porque eu fui criado em um ambiente igual ao deste bebezinho aí. Antes de aprender a falar, bem antes de abrir os olhos alguém já me apresentava a este universo. É, de fato não tem jeito mesmo, vem de berço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário